RSS

Arquivo da categoria: Guerra dos Sexos

Ajuda aos novatos em Salvador

entrada-aeroporto-salvador1

Quem chega em Salvador e não tem ninguém pra buscar e nem coragem de pagar caro num táxi (às vezes chega a R$ 100,00 para o centro, imagine pros outros lados da cidade), é sempre bom conhecer os transportes alternativos que passam pelo aeroporto.
Pra quem não sabe, o Aeroporto Internacional 2 de Julho (temporariamente chamado Luís Eduardo Magalhães rs) fica numa ponta de Salvador, quase Lauro de Freitas (cidade vizinha). Salvador é uma capital que pode ser considerada grande (pra quem está acostumado com Recife, Porto Alegre, Belém) ou pequena (pra quem se acostumou com Rio, Sampa e outras grandes cidades mundo afora). Um bairro central é o Rio Vermelho. Boêmio e bastante movimentado em qualquer horário, você pode ter de rodar até 30km pra chegar a ele (o que pode dar mais de uma hora num carro).

Quando não tenho quem me busque, sempre pego um ônibus qualquer que me leve para os bairros centrais e, chegando lá, pego um táxi (acabo gastando menos de R$ 30,00). No aeroporto tem os ônibus convencionais que custam R$ 2,80 (pelo menos até mar/2013) e tem os ônibus executivos (apelidado carinhosamente pelos baianos como “frescão”) com preços variados que chegam até R$ 6,00 (mas valem a pena pois tem ar-condicionado, poltronas acolchoadas e não param em muitos pontos).

No aeroporto não tem uma grande estação, mas os poucos ônibus que passam lá te levarão para os principais pontos da cidade: Barra, Rio Vermelho, Iguatemi, Rodoviária, Pelourinho (Praça da Sé), Cia de Navegação (terminal de lanchas), Mercado Modelo, Elevador Lacerda, Terminal de São Joaquim (ferry boat).
O executivo (Aeroporto-Praça da Sé) segue pela orla e é bem legal pra quem gosta de ir vendo a praia. Itapuã, Piatã, Patamares, Boca do Rio, Pituba, Amaralina, Rio Vermelho, Ondina e Barra estão na sua rota.
Dos convencionais, o Aeroporto-Campo Grande faz a mesma rota até o Rio Vermelho. Depois é outro caminho.
O Aeroporto-São Joaquim, só segue a orla até Patamares, depois segue pela Av. Paralela. É uma boa opção, pois passa na Estação Iguatemi, que tem ônibus pra todos os lugares da cidade, fica ao lado da rodoviária e ainda tem pontos de táxi.

Estes sites são muito bons para se conseguir a rota dos ônibus de Salvador e este para ter uma noção do preço do táxi.

Alguns lugares legais para quem visita:

0001 elevador-lacerda-g-arquivoae

Centro Histórico (Pelourinho e adjacências), dá pra fazer tudo numa ida só: Vila Santo Antônio, Pelourinho, Terreiro de Jesus, Elevador Lacerda (e sua vista maravilhosa da Baía de Todos os Santos), Mercado Modelo e talvez até uma ida ao Forte São Marcelo.

0002-jam-no-mam-marcio-lima

MAM: se vc curte museu, música (geralmente jazz), pôr de sol, etc. Este é um bom lugar pra ir. Nos sábados (dia de Jam no MAM) é bem cheio, se não gpstar, pode ir outro dia ou então chegar cedo, dar um passeio pelo museu, restaurante… lá é tudo muito lindo!

0003 A20130216_174704

Cidade Baixa: todo mundo se apaixona pela Cidade Baixa! Apesar de começar no Comércio, eu considero como Cidade Baixa a parte mais residencial. A área mais bonita também é a parte litorânea: Boa Viagem, Monte Serrat, Bonfim e Ribeira. Tem vistas lindas e a melhor sorveteria do mundo (a Sorveteria da Ribeira). Os passeios pelas praças e praias são muito bons.

04 lauro-freitas

Litoral Norte: principalmente se vc tem carro e dinheiro. Praias lindas e muita coisa pra visitar, principalmente na Praia do Forte. Existem os lugares com pouca estrutura e mais baratos, são ótimos pra quem gosta de acampar.

0005 DSC01596

Parque de Pituaçu, Abaeté e Dique do Tororó: são lugares muito lindos e com lagoas boas pra andar de pedalinho. O Abaeté está sofrendo por falta de segurança e muitos casos de assalto, mas ainda tem seu charme (cuidado é sempre bom em qualquer lugar). São pontos diferentes da cidade, bom pra ir com conhecidos.

0006 RIO VEMELHO

Rio Vermelho: onde a boemia se encontra. Os melhores botecos da cidade e algumas boas casas de show. Ainda tem seu charme com seus largos (Entrada da Fonte do Boi, Largo da Mariquita e Largo de Santana), tradicionais acarajés (os mais famosos são Cira e Dinha) e Mercado do Peixe. Tem uma linda praia (Buracão) e é um lugar bom pra visitar qualquer hora do dia ou da noite.

0007 porto-do-barra

Porto da Barra: já foi eleita como uma das melhores praias do mundo. Além de estar sempre linda, ainda é próxima de outros lugares lindos de se conhecer, como Farol da Barra, Morro do Cristo. O bairro tem uma boa estrutura com hotéis, shopping, mercados, restaurantes e linhas de ônibus para todos os lugares.

*Como pode-se ver, a zona turística de Salvador é basicamente próxima do mar. Salvador tem outros lugares legais para se visitar, mas estes são os “obrigatórios” para uma primeira vez.

* * *

Como foram muitos as perguntas sobre estes assuntos nos comentários, resolvi aumentar o post com esta edição:

A primeira dúvida é com as linhas de ônibus para os principais pontos da cidade. Iguatemi, Rio Vermelho, Pelourinho e o porto (Terminal de São Joaquim).

A primeira coisa que a pessoa tem que fazer é entender ligeiramente o mapa da cidade. O aeroporto de Salvador tem duas vias principais que o levam para o centro: av. Paralela (Luiz Viana) e a orla (Av. Oceânica e Octávio Mangabeira). Portanto, quase todas as linhas existem em duas versões: via orla e via paralela. Ex.: Aeroporto-Campo Grande via orla e Aeroporto-Campo Grande via Paralela.

Pela Paralela o ônibus faz menos paradas (mesmo assim nem sempre é o caminho mais rápido). Pela orla, geralmente é mais demorado (nem sempre), e vc tem vista-mar por quase todo o percurso.

Roteiro via orla tem: Itapuã, Piatã, Patamares, Boca do Rio, Armação, Costa Azul, Pituba, Amaralina, Rio Vermelho, Ondina e Barra.

Roteiro via Paralela: Mussurunga, Imbuí, Iguatemi (a partir daqui ele pode ir via Av. ACM ou Bonocô – dois dos caminhos mais usados pelos ônibus).

No aeroporto você pode, também, pegar o ônibus Estação Mussurunga e de lá pegar outro gratuitamente para quase qualquer lugar de Salvador.

A outra dúvida dizia respeito a guarda-volumes para fazer um passeio rápido antes de fazer outra viagem.
Bem, se você chegou ao aeroporto e vai fazer outra viagem, provavelmente você irá para a rodoviária (ônibus para estação Iguatemi) ou para o mar (ônibus para o Comércio e Terminal da França – se for sair de lancha ou catamarã – ou Terminal de São Joaquim – se for sair de ferryboat).
Na rodoviária ou nos terminais, existem guarda-volumes que são bem baratos e podem ajudar muito quem quer passear pelo Pelourinho, Mercado Modelo e Elevador Lacerda (para quem vai sair pelo mar) ou nos shoppings Iguatemi (agora Shopping da Bahia) e Salvador Shopping (pra quem vai pegar ônibus depois do passeio).

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 24 de novembro de 2016 em Guerra dos Sexos

 
Imagem

Filosofia Urbana VI

“Enquanto te exploram… tu grita gol!!!”

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14 de outubro de 2016 em Guerra dos Sexos

 

Filosofia Urbana V

image

“Sorria mesmo sem estar sendo filmado.”

 
Deixe um comentário

Publicado por em 7 de fevereiro de 2016 em Guerra dos Sexos

 

Filosofia Urbana IV

image

“Não se esqueça de sorrir”

 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de janeiro de 2016 em Guerra dos Sexos

 

Filosofia Urbana III

image

“A única constante da vida
é a mudança”

 
Deixe um comentário

Publicado por em 30 de dezembro de 2015 em Guerra dos Sexos

 

Acabei de conhecer Alice

Andei pensando no que dizer sobre o que ela significa pra mim. Dizer de alguma forma que não nos comprometesse. Dizer que ela não é uma dama. Cabrunca bruta! Desde o primeiro palavrão que eu vi. Mas dizer também que até nisso existe charme. Ela disse logo, entendi depois.

Somos adoráveis com nossas diferenças. É linda a forma como ela me olha. E como eu não fico nada à vontade com isso.

Engraçado como às vezes fico olhando as pessoas pelas ruas e paro pra analisar. Tento decifrar se são irmãos, pais e filhos, casais… até pessoas sozinhas. Tento adivinhar suas profissões e seus sentimentos. Descobrir qual o limite de suas paixões e o tamanho das desilusões que já passaram.

Eis que me pego tentando decifrá-la. Por que tudo está onde está? Por que tudo soa familiar? Por que você faz isso? Por que tantas perguntas? Eu vou embora.

E agora de longe, tão perto quanto ontem. Consigo sentir a presença. O olhar de análise. Tento fingir sono.

Agora vou conhecer Belinha.

É um assunto que deve ser resolvido logo – ela disse. Mas estou certo de que não mudará muita coisa. Miss Simpatia, Srtª Carisma, The Queen. Tem dias que penso em escrever sobre alguma conversa interessante, mas logo a conversa se torna mais interessante que a ideia do post. E logo eu percebo que precisamos ir.

Tem dias que escrevo e me sinto o pior do mundo no que estou fazendo. E até fico feliz quando digo isso pra mim mesmo. Afinal, pelo que leio, eu realmente sou. Mas ela gosta, analisa e diz que tenho um perfil psicopata. Vai me matar mais tarde em algum texto – não sabia se era uma sugestão ou medo.

Mas antes, dá pra ter uma conversa normal?

Se cuida

Manoel de Barros tentou fotografar o silêncio. Se ele nos encontrasse, a foto sairia melhor.

Sem obscenidades, por favor. Três da tarde e eu já estou cheio do dia. Quero cama e bate-papo.

Quarto da tarde e o dia não passa.

Chego em casa quando dá. Abro o whisky e me sirvo de uma dose. Afinal, podem achar que eu sou um alcoólatra.

Penso em palavras estranhas e me pergunto se realmente sou meio autista. Por que palavras tão feias para coisas tão legais?

Pego o violão e penso numa música. Descubro que não sei tocar e volto para as de sempre.

“Grava pra mim”

♪Saia do meu caminho, eu prefiro andar sozinho, deixe que eu decida a minha vida…

– O universo conspirando pra você ficar doida.
– Começou por me fazer conhecer você
– E a gente se conhece?
– Prazer, Balzaquiana.

 
Deixe um comentário

Publicado por em 29 de dezembro de 2015 em Guerra dos Sexos

 

Filosofia Urbana II

image

“Coração em paz
Boas escolhas”

 
Deixe um comentário

Publicado por em 28 de novembro de 2015 em Guerra dos Sexos